Como Deixar o Cachorro Mais Calmo e Equilibrado [Guia Definitivo]

Nesse artigo você verá como deixar o cachorro

mais calmo com dicas simples e fáceis de serem aplicadas.



Para muitas pessoas, lidar com o comportamento do próprio cachorro é muito complicado, principalmente quando ele é muito agitado, estressado ou destruidor.


Muitos procuram remédios ou calmantes, o que não é necessário (e na maioria das vezes não funciona).


Mas, por incrível que pareça, ensinar o cachorro a ser calmo é bem mais simples do que parece. E isso é o que eu quero te mostrar nesse artigo!


Leia com carinho e aplique as dicas, assim, com certeza você vai ter um cachorro mais equilibrado em casa. 😉





Gasto de energia


Esse com certeza é um dos pontos mais importantes de como deixar o cachorro mais calmo.


Se os cães vivessem livres, passariam o dia todo gastando energia em busca de alimento, abrigo e água. Isso não ocorre hoje em dia, fazendo com que seja necessário o gasto de energia de alguma outra forma.


Quando o dono não faz exercícios físicos e mentais com o cachorro, consequências como destruição, agitação excessiva ou ansiedade de separação podem surgir.


Vou te mostrar vários tipos de atividades que você pode fazer com o seu cachorro para gastar a energia física e mental dele, deixando-o mais calmo e equilibrado durante o dia.


Tente variar o tipo de atividade, isso com certeza deixará o seu dog mais feliz.


Atenção! O objetivo não é deixar o seu cachorro exausto! Faça a quantidade de exercícios adequada para a raça dele. Exageros podem trazer problemas de saúde.



1. Esportes Caninos


Essa alternativa é ótima para você se o seu cão tem muita energia e se você tem tempo para treinar ele.


Esportes caninos gastam tanto a energia física, já que os cães precisam correr ou fazer algo do tipo, quanto a mental, pois é necessário, na maioria desses esportes, um certo treinamento para praticá-los.


Além disso, atividades desse tipo, quando ensinadas de forma positiva, podem trazer um vínculo praticamente perfeito entre cão e tutor.


Exemplos de esportes caninos:

  • Agility: é um dos esportes mais famosos e exige um bom treinamento. Os cães percorrem um percurso com obstáculos: o objetivo é completá-lo o mais rápido possível sem cometer erros.

  • Canicross: corrida em que correm ao mesmo tempo o cão e o dono. O cachorro usa um peitoral que está preso por uma guia à cintura do humano. Esse esporte exige preparo físico de ambos e pode ser praticado em diversos lugares, como trilhas na natureza.






2. Brinquedos Inteligentes (interativos)


Brinquedos interativos são uma das melhores opções para gastar a energia mental do cachorro de uma forma simples.


Existem vários brinquedos desse tipo, mas a proposta é basicamente a mesma: fazer com que o cachorro tenha que se esforçar mentalmente para conseguir a comida.


Isso estimula a capacidade cognitiva deles, fazendo com que tenham um equilíbrio mental mais estável e fiquem mais calmos.


Se possível, ao invés de dar a comida para o seu cachorro em potes comuns, use diferentes brinquedos interativos.




3. Ensine Truques


Ensinar truques para o cachorro de maneira positiva é outra ótima alternativa para gastar a energia do cachorro.


Muitas pessoas vêem cães que sabem diversos truques e falam: “pra que ensinar tudo isso!?”.


A resposta para essa pergunta é simples: além de fortalecer muito o vínculo e obediência do cachorro com o dono, trabalha a energia mental do cão, fazendo-o ser mais calmo e comportado.


Comece ensinando comandos simples, como o “senta” e o “deita”. Depois, aos poucos, ensine comandos um pouco mais avançados, como o “cumprimenta”.


>>Veja como adestrar e ensinar truques ao seu cão rapidamente




4. Passeios


O passeio é a melhor alternativa de como deixar o cachorro mais calmo, já que gasta a energia mental e física do seu cão ao mesmo tempo.


Nessa atividade, o cachorro pode expressar suas necessidades instintivas, como farejar diferentes odores e praticar a socialização com diferentes cães e lugares.




5. Para quem não tem muito tempo…


Se você não tem muito tempo para gastar a energia do seu cachorro, é uma boa ideia contratar serviços de qualidade que façam isso por você.

  • Contrate um Dog Walker: dog walkers passeiam com cães de outras pessoas. Você pode encontrá-los em redes sociais ou em aplicativos que conectam passeadores e donos de cães. Procure um de confiança.

  • Creche de cães: são lugares em que o seu cão passa o dia brincando com outros cachorros e fazendo atividades como natação.




Supra necessidades naturais e instintivas


Cães possuem necessidades que vão além da alimentação, água e abrigo. E elas devem ser supridas para que o cachorro seja calmo e equilibrado.


Uma delas é a necessidade social: cães possuem um instinto de viver em grupo e, por isso, isolá-los do contato social pode trazer um tremendo estresse, que muitos julgam erroneamente como “loucura”.


Por isso, permita que o cão interaja com as pessoas de casa de forma calma e positiva e leve-o para conhecer diferentes lugares e odores, isso faz com que ele trabalhe a energia mental e fique mais calmo durante o dia.


O contato com outros cães também é importante, mas só se o cachorro realmente gosta desse tipo de interação. Forçá-lo a interagir com outros cães contra a vontade dele só trará mais estresse.


Outra que podemos citar é a necessidade de roer e morder. Disponibilize brinquedos ou ossos para suprí-la.





O ambiente faz a diferença


Já percebeu que cães de pessoas idosas costumam ser mais calmos? Isso acontece justamente porque as casas de pessoas mais velhas (que possuem menos energia)

costumam ser menos agitadas.


Se o cachorro vive em uma casa onde as pessoas falam alto, são super agitadas e crianças correm de um lado para o outro o tempo todo, ele certamente será agitado.


É como se a “energia” da casa fosse transmitida para o cachorro.





Ignore momentos de agitação


Para deixar o cachorro mais calmo, não faça carinho ou interaja com ele enquanto ele estiver agitado. Quando você faz isso é como se você estivesse dizendo “se você ficar agitado, eu te recompenso com carinho”.


A maioria dos cães ficam agitados quando o dono chega em casa. O certo a se fazer nessas horas é esperar o cachorro se acalmar totalmente para interagir com ele.





Reforce momentos de relaxamento


Quando perceber que o seu cachorro está calmo, não agite-o de jeito nenhum. Respeite esse momento.


Se possível, recompense-o calmamente. Veja duas formas de fazer isso:


  • Dê um petisco: faça isso de forma calma. Quando o seu cachorro estiver deitado e calmo, coloque um petisco na frente dele e não diga nada, isso é o suficiente para que ele relacione o momento de relaxamento com algo bom. Faça isso no máximo duas vezes por dia.

  • Faça carinho de forma delicada (se ele realmente gosta).




Espero que esse artigo sobre como deixar o cachorro mais calmo tenha te ajudado.


Deixe seu COMENTÁRIO e COMPARTILHE com os seus amigos!

  • seu dog mais feliz instagram
  • seu dog mais feliz twitter
  • seu dog mais feliz pinterest

© Todos os Direitos Reservados · Política de Privacidade